Bolsonaro rebate Mourão sobre demissão de Araújo

O presidente da República, Jair Bolsonaro, voltou a negar, nesta quinta-feira (28), a intenção de demitir o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo. Uma possível saída do chanceler havia sido indicada na véspera pelo vice-presidente Hamilton Mourão. Em conversa com apoiadores na saída do Palácio da Alvorada, em Brasília, Bolsonaro criticou os “palpiteiros”: “O vice falou que eu estou para trocar o chefe do Itamaraty. […] O que nós menos precisamos é de palpiteiros do tocante a formação do meu ministério.” O general fez questão de falar que cabe a ele a troca dos seus ministros: “E deixo bem claro: todos os meus 23 ministros eu que escolho e mais ninguém e ponto final. Se alguém quiser escolher, que se candidate em 2022 e boa sorte em 2023.”

FONTE: RENOVA MÍDIA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s